Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Até sábado, mais de 20 empresas ofertam produtos sem imposto em Campo Grande

Teve início em Campo Grande mais uma edição do Feirão do Imposto, organizada pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Durante esta semana, mais de 20 empresas dos setores alimentício, cosméticos, vestuário, farmacêutico, acessórios e serviços de beleza estão participando da iniciativa. O objetivo é chamar a atenção para os altos impostos que afetam consumidores e empresários. A coordenadora do Feirão do Imposto 2024, Beatriz Jhonson, afirmou que a expectativa é impactar mais de 10 mil pessoas. Entre as atrações está uma ação lúdica no Patio Central, onde um touro mecânico adesivado com informações tributárias simboliza o sistema tributário brasileiro. A atividade visa demonstrar o quanto empresários e trabalhadores aguentam a carga tributária, ilustrando o impacto dos impostos em suas vidas. A maior parte das empresas realizará suas ações no sábado, considerado o Dia D do Feirão do Imposto. Além de Mato Grosso do Sul, outros 16 estados brasileiros estão participando da campanha, criada pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje). A empresária Amanda Cardinal, por exemplo, oferece descontos de até 60 reais em suas lojas de joias e roupas íntimas para mostrar aos consumidores a diferença que a retirada de impostos faz nos preços. Mais lojas participarão no shopping na região central de Campo Grande. Wesley Araújo, Coordenador de Marketing do Pátio Central Shopping, destacou que mais de 10 lojistas, incluindo praça de alimentação, vestuário, calçados e acessórios, estão envolvidos. A iniciativa não só atrai fluxo de consumidores, mas também melhora as vendas ao oferecer produtos a preços reduzidos. Segundo o Impostômetro, até 20 de maio, os brasileiros já pagaram R$ 1,4 trilhão em impostos, com os sul-mato-grossenses contribuindo com mais de R$ 1,5 bilhão.